06jan

Meu piercing na orelha

Olá meninas, tudo bem com vocês?

Espero que todas estejam tendo um dia maravilhoso!

Hoje decidi contar para vocês mais detalhadamente como foi colocar meu piercing na orelha. Para dizer a verdade, nunca fui muito do tipo que repara em piercings na orelha (sempre achei piercings no nariz a coisa-mais-maravilhosa-do-universo! E ainda acho!) e até há pouco tempo atrás nunca nem mesmo sentia a menor vontade de furar a orelha novamente.

Desde meus 12 anos (por aí) sempre tive dois furos em cada orelha e não pensava em fazer mais furo algum; as vezes nem mesmo usava brincos. Até que de repente… não sei porque cargas d´água comecei a reparar no quanto achava lindo mulheres cheias de argolinhas nas orelhas.

Inicialmente comecei a pensar em fazer o terceiro furo, e de um dia para o outro lá fui eu na companhia da minha prima Carol (que vocês já conhecem por aqui) na farmácia para fazer essa pequena loucurinha. Na farmácia ela fez o furo com aquele revólvinho/pistola própria para isso e na hora senti apenas uma dor leve. Lembrando que gostaria de enfatizar o na hora pois depois… doeu pra caramba haha. Minha orelha ficou muito inchada e sofri muito para dormir, afinal eu havia furado ambas as orelhas e não podia virar para lado algum durante a noite, minha única posição era ficar de barriga pra cima durante a noite toda.

Para ver o momento em que fiz o terceiro furo a orelha é só ir direto para os 2 minutos:

Lembro de muitas vezes ter enroscado fios de roupa nos brincos do terceiro furo enquanto estava me trocando e juro, sem fazer drama, chorei de dor várias das vezes em que fiz isso. Bater a mão sem querer doía. Dormir doía. Não que eu me lembrasse disso o dia todo, mas exatamente quando esquecia acabava batendo a mão, ou a escova de cabelos e pronto, doía de novo. Saía bastante pus e minha orelha vivia inflamada, e por conta disso, um dos furos simplesmente não resistiu, inflamou demais e acabei decidindo tirar o brinco. Porém o outro furo, o da orelha esquerda, teria de sobreviver, afinal eu não havia sofrido tanto a toa! E sobreviveu, mas confesso que após mais de 7 meses desde o dia em que o fiz ele ainda não está totalmente cicatrizado. Posso dormir desse lado, e posso mexer no brinco mas ainda assim é um ponto bem dolorido na minha orelha e que se inflama com facilidade. Troquei de brinco várias vezes para ver se melhorava, e melhorou, mas ainda assim essa região continua bem sensível.

E ainda assim, depois de tudo isso, nem sei como, me decidi que queria fazer um piercing na orelha. Sim, sou doida, só poderia ser. Dessa vez entretanto decidi ser mais cuidadosa, pensar melhor, pesquisar melhor a respeito e até mesmo me alimentar melhor antes e depois do procedimento. Por isso, quando de supetão minha prima Carol (sempre tem um dedinho dela no meio dessas coisas haha) me acompanhou até a Galeria do Rock em São Paulo para colocar o piercing acabei desistindo. Não me sentia confiante para passar essa dor de novo. Porém a ideia permaneceu na minha mente, e por isso, ao voltar para minha cidade, comecei a pesquisar alguns lugares onde gostaria de fazer o piercing, conversei com várias garotas que já haviam furado a orelha nesse estúdio e fui pessoalmente até o lugar para verificar se era tudo limpinho. Até que enfim me senti confiante o bastante para fazer o piercing no formato helix:

TiposDePiercing

(Achei a imagem acima no google)

Como falei anteriormente procurei me alimentar melhor por alguns dias antes e após o procedimento evitando comer chocolates e doces em geral. E para a dizer a verdade, no dia em questão estava bem tranquila. Ansiosa porém tranquila. Caso queiram ver o procedimento para furar o piercing é só dar o play e ir para o minuto 1:25 desse vídeo. 

Mais ou menos uns 50 minutos antes de ir realizar o procedimento limpei a orelha e passei o anestésico xylocaina em ambas as orelhas (pois não tinha certeza sobre qual eu iria furar) só para garantir que não passaria dor. E não sei se foi devido ao fato de essa ser uma região dita indolor por ser apenas cartilagem ou se realmente não senti dor graças ao efeito do anestésico. O único momento em que senti uma leve dor foi quando ela passou o piercing na orelha (pois primeiro se faz o furo e depois é que o piercing é passado). 

Enquanto saía do local tive a sensação de que meu coração estava pulsando na minha orelha e foi basicamente apenas isso. Felizmente não senti dor NENHUMA após a colocação do piercing, minha orelha inchou apenas no primeiro e um pouco nos segundo dia também, e após cerca de duas semana eu já dormia tranquilamente sob a orelha em questão.

UhlalaMeuPiercing

Por via das dúvidas, para evitar a formação de quelóides limpei e fiz os curativos no piercing durante cerca de dois meses inteiros. É claro que inicialmente, durante as três primeiras semanas, eu fazia os curativos de três a quatro vezes por dia, mas com o tempo e a cicatrização visível da orelha acabei reduzindo a frequência do curativos para apenas uma vez por dia. Porém ainda assim mantive esses cuidados por cerca de dois meses. Para realizar os curativos usei os seguintes medicamentos com a ajuda de um cotonete:

  1. Antisséptico Asseptcare Spray da Neo Quimica e
  2. Pomada cicatrizante Gingilone 

UhlalaMeuPiercing2

E essa é basicamente a história completa do meu piercing/ furos na orelha. Sintetizando tudo, para mim, o terceiro furo foi milhares de vezes mais doloroso e problemático do que o piercing, que foi praticamente indolor tanto durante quanto depois. Meu único conselho é que uma vez que seja decidido fazer o piercing, em qualquer lugar que seja, você se atente principalmente a limpeza do estúdio escolhido; é sempre bom ir a algum profissional no qual você conheça e confie, ou que pelo menos você já tenha ouvido falar bons rumores a respeito, afinal você está lidando com sua própria saúde. Portanto nada de deixar que sua ansiedade a domine a ponto de não procurar um bom profissional que possa fazer seu piercing da melhor maneira possível! 

E por hoje é só, espero que tenham gostado e que eu tenha sido útil de alguma forma :)

E fim!  

Acompanhe o blog nas redes socias:

Instagram Facebook Twitter Youtube

Se inscreva no canal do blog Uhlala =)