13fev

Resenha do livro: Eleanor & Park

ResenhasCapaNova

Olá olá meninas, tudo bem por aí?

Nossa, estou impressionada como essa semana voou! Hoje já é sexta-feira, praticamente carnaval, e nem vi os dias passarem! Aliás, sobre o carnaval… mal posso esperar para dormir/ler/assistir filmes… haha Definitivamente não sou fã de carnaval. Quando eu tinha uns treze anos, eu até aturava a comemoração, afinal, nessa época, eu ganhava um “passe livre” dos pais para sair com as amigas. Mas hoje em dia… meu sinhô, vamos até pra roça pra não ter que ouvir a barulheira toda hahahaha #velhinhafeelings #mandaproasilo #carnavalnãoécomigo

Após esse micro desabafo, vamos ao post de hoje!

ResenhaEleanorEPark1

Hoje decidi fazer uma resenha do primeiro livro que li em 2015. Li esse livro bem no comecinho do ano, por volta do dia 2 e 3 acho, mas acabei atrasando um pouco para resenhar. O livro escolhido foi “Eleanor & Park”, escrito por Rainbow Rowell e publicado aqui no Brasil pela editora Novo Século.

ResenhaEleanorEPark5

Conheci esse livro em algum blog literário por aí, e, logo de cara, já me encantei pela capa, que é absurdamente fofinha e delicada! E, desde então, fiquei completamente louca para lê-lo!

ResenhaEleanorEPark6

O livro conta a história de Eleanor, uma garota que é diariamente intimidada pelos colegas da escola por estar fora dos padrões de beleza estipulados pela sociedade, e Park, um garoto apaixonado por quadrinhos, que não chega a ser popular, porém consegue não ser incomodado pelos colegas de classe.

Além do problema do bullying com o qual Eleanor precisa conviver diariamente, ela também tem que lidar com sua família problemática: sua mãe que não tem amor próprio algum (ou ao menos quase nenhum), seu padrasto nojento (sim, nojento, se vocês lerem o livro, vocês entenderão o porque), seus irmãos não tão amistosos e seu pai desinteressado e omisso.

ResenhaEleanorEPark2

Em vários momentos da leitura me peguei pensando em como Eleanor conseguia passar por tudo aquilo sem de despedaçar em milhares de pedacinhos. Sem responder as agressões dos colegas de escola. Sem simplesmente “chutar o balde” e sair de casa de uma vez por todas… A questão é que Eleanor é uma garota muito forte e autêntica, que se ama exatamente do jeito que é apesar de não estar fisicamente de acordo com aquilo que todos acham que deve ser considerado bonito. E foi isso o que mais me encantou na história toda (e provavelmente vai encantar a você também), Eleanor simplesmente gostava dela mesma e pronto; ia vivendo sua vida aos pouquinhos, tropeçando e se levantando devagar, sem complicação.

ResenhaEleanorEPark7

Muitas vezes durante a leitura gostaria de poder chegar e conversar com Eleanor, de ser amiga dela e dizer que ela era linda e que iria ficar tudo bem =(

Felizmente o Park chegou logo e pode fazer isso por mim! Haha

ResenhaEleanorEPark9 ResenhaEleanorEPark4

O livro se passa em 1986 e cita várias referências musicais legais dessa época como The Smiths, Echo and the Bunnymen, Joy Division, The Beatles e muitas outras.

ResenhEleanorEPark8

Um romance que começa com um ônibus escolar, livros (quadrinhos no caso) e músicas boas simplesmente não poderia dar errado! Oiiiin, muito amor por esse casal tão fofo que se ama não pela aparência de cada um, mas sim pelo que cada uma tem por dentro! <3

Enquanto eu estava buscando informações sobre o livro na internet, acabei encontrando algumas ilustrações fofas que alguém fez da Eleanor e do Park e resolvi mostrá-las por aqui também:

Eleanor&Park3 Eleanor&Park2 Elanor&Park1

Parabéns para os ilustradores artistas que as fizeram, ficaram muito legais!

E para finalizar com chave de ouro resolvi publicar aqui também uma música de uma das bandas novas que conheci no livro:

E por hoje é só, espero que tenham gostado do post e que tenham ficado tão curiosos para ler quanto eu já fiquei! 10 coraçõezinhos para esse livro lindo! <3

Muitos beijinhos

e fim!

Acompanhe o blog nas redes socias:

Instagram Facebook Twitter Youtube

Se inscreva no canal do blog Uhlala =)

Deixe seu comentário