19out

Receitinha do dia

Imagem

De fato uma dos principais dificuldades ao sair da casa dos pais é com relação a alimentação. Quando se mora sozinha são três opções: ou você aprende a cozinhar ou você come errado e engorda feito um boi ou você morre de fome. Haha, por sorte escolhi a mais plausível delas e vira e mexe vou pra cozinha e boto pra requebrar! hahaha só que não né minha gente… haha geralmente escolho preparar pratos mais básicos e que não demandem muito tempo (e nem muita louça haha). Essa semana descobri um prato D-I-V-I-N-O! Na verdade eu já havia comido antes em um restaurante, mas simplesmente não achei que fosse tão simples e fácil a ponto de euzinha fazer em casa. Me enganei. Apesar de parecer “frescurento”, tanto o shimeji quanto o bifum são muito fáceis de fazer.

shimeji é uma espécie de fungo comestível, típico da culinária japonesa super saboroso, rico em proteínas e light. Acreditem se quiser, mas cerca de quatro colheres de sopa de shimeji equivalem a um bife de carne vermelha! E o bom é que enquanto um bife de 100 gramas de contra filé contém cerca de 13 gramas de lipídios (gordurinhas eca eca), as mesmas 100 gramas de shimeji tem apenas uam grama de gordura!

E é super fácil de preparar, você compra uma bandejinha do cogumelo no mercado, separa suas “pétalas” (tem gente que deixa de molho na água com limão, mas nunca fiz desse modo). Depois disso é só refogar alho e cebola em uma colher de manteiga e acrescentar o shimeji à panela. Tem quem coloque saquê e cebolinha para temperar também, mas como meu shimeji foi um do tipo “preguiçoso” (pois a cozinheira aqui não quis ir ao mercado para comprar os ingredientes que faltavam) temperei só com shoyu mesmo. E pronto mexe e remeche durante um tempinho e já esta pronto pra comer!

Pra dar mais “sustança” a refeição resolvi preparar também o Bifum, um tipo de macarrão de arroz, também de origem oriental. Ele é um pouco mais calórico, cerca de 360 calorias a cada 100 gramas, mas com certeza é menos ˜gordinho˜ do que o macarrão normal (e olha, é até mais gostoso!). Mas tudo bem, isso não vem ao caso, afinal a intenção mesmo era fazer algo gostoso e rápido.

E aqui vão algumas fotos do meu almoço de hoje e de ontem e de anteontem… hehe brincadeira

Imagem

Aqui eu já havia desmembrado o shimeji todinho. Ele não parece muito bonito inicialmente, nem muito cheiroso mas sério, sem preconceitos minha gente que o trem é uma beleza!

Imagem

Imagem

É assim que ele fica depois de já refogado, ele dá uma boa murchada, então não se enganem, uma pessoa come uma bandeja inteira facilmente.

Imagem

Aqui uma fotinho do Biifum ainda cru.

Imagem

Uma ligação da amiga querida do coração pra não perder o costume! Haha

Imagem

E tcharammmmm, esse é o resultado final, agora é só pegar o hashi e tascar tudo pra dentro minha gente! hahaha

Um beijinho saboroso pra vocês!

Acompanhe o blog nas redes socias:

Instagram Facebook Twitter Youtube

Se inscreva no canal do blog Uhlala =)

Deixe seu comentário

Comentários

1 comentário

  1. Maria Sônia

    Gostei do post, a receita é ótima, super prática e parece deliciosa! Adoraria receber sua visita e opinião:http://mariamestrecuca.wordpress.com/ Abs, Maria Sônia.

    Responder